Exibir arquivoE-mailImprimir

CATEDRAL METROPOLITANA DE FLORIANÓPOLIS

CATEDRAL METROPOLITANA DE FLORIANÓPOLIS
Rua:
Rua Padre Miguelinho, 55 - Centro
CEP:
88010-550
Cidade:
Florianópolis
Estado:
Santa Catarina
País:
País: br

Descrição

A Praça da Matriz de Nossa Senhora do Desterro sempre foi o centro da Vila do Desterro, depois cidade de Florianópolis. A seus pés, nasceu a cidade. Foi o centro de onde se originaram, irradiando-se para os lados e para os fundos, as primeiras ruas. Para o pequeno povoado, o Largo da Matriz era o principal ponto de encontro, onde os moradores, nas horas de ócio, discutiam seus problemas, comuns ou individuais. Hoje continua sendo ponto de encontro dos moradores e visitantes.

​   Francisco Dias Velho Monteiro, fundador da Póvoa de Nossa Senhora do Desterro, em 1673, contruiu a primeira igreja da Ilha, em honra de Nossa Senhora do Desterro. Era uma pequena capela, construída de pedra e cal, com um altar-mór e dois laterais. A Paróquia foi criada em 5 de março de 1712 e no mesmo ato, Desterro foi elevada a freguesia. Em 25 de setembro de 1747, o Governador da Capital, José  da Silva Paes, escreveu ao Rei de Portugal, pedindo licença para a construnção de uma nova Matriz, da qual ele, engenheiro militar, foi o autor do projeto arqutetônico. A construção foi iniciada em 1753 e concluida em 1773. A denominação de Nossa Senhora do Desterrofoi oficialmente adotada em 24 de fevereiro de 1726. Reformas posteriores alteraram-lhe o estilo original. Em 1908 foi elevada à categoria de Igreja Catedral.

Nas comemorações do centenário da Independência do Brasil, em 1922, deu-se a grande reforma, quando teve a nave ampliada, alteradas as torres, e acrescido os alpendres neoclássicos, na parte frontal. Dentro do alpendre central ainda se vê a bela portada de cantaria da primeira construção.


  
 
Data Evento local Cidade Categoria
Não há eventos disponíveis

 

Calendário

<< Novembro 2017 >> 
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sa  Do 
    1  2  3  4  5
  6  7  8  9101112
13141516171819
20212223242526
27282930   

Agentes culturais